Exame Covid-19

Como funciona

  1. Dirija-se até a filial em que o exame foi agendado e procure o local indicado para a realização do exame;
  2. Chegue com pelo menos 10 minutos de antecedência e aguarde no veícilo pelo atendimento do farmacêutico para a realização do exame.;
  3. Faça o pagamento do exame COVID-19 no próprio veículo. O pagamento deve ser feito somente no cartão de crédito ou débito;
  4. O seu exame será rápido, a coleta é de uma gotinha de sangue através do seu dedo. Durante o exame, siga atentamente as instruções do farmacêutico;
  5. Em aproximadamente 20 (vinte) minutos o resultado do exame será enviado diretamente pelo Laboratório no celular (SMS) e no e-mail cadastrados durante o agendamento.

Sobre o Coronavírus

O que é COVID-19?
COVID-19 é a doença infecciosa causada pelo novo coronavírus. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a maior parte das pessoas (cerca de 80%) se recupera da doença sem precisar de tratamento especial. No entanto, cerca de 14% dos infectados evoluem para a forma grave. A letalidade da doença é de 0,3% a 1%.
Os sintomas da COVID-19 são semelhantes aos de uma gripe. Os mais frequentes incluem febre, cansaço e tosse. A doença pode evoluir para a forma grave. Os sinais de gravidade são febre alta, tosse e dificuldade para respirar.
  • Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel;
  • Ao tossir ou espirrar, cubra o nariz e boca com um lenço ou com o braço. Nunca utilize as mãos. Jogue o lenço fora imediatamente;
  • Evite aglomerações;
  • Mantenha os ambientes bem limpos e ventilados;
  • Não compartilhe objetos pessoais;
  • Fique em casa;
  • Caso esteja com sintomas respiratórios, utilize máscaras;
  • Se for profissional de saúde, não deixe de utilizar os EPI’s adequados;
  • Ao chegar da rua, deixe seus sapatos e todos os objetos em um local separado. Tome um banho e coloque suas roupas para lavar.

Pessoa que apresente febre* E pelo menos um dos sinais ou sintomas respiratórios (tosse, dificuldade para respirar, produção de escarro, congestão nasal ou conjuntival, dificuldade para deglutir, dor de garganta, coriza, entre outros) E com histórico de viagem para país com transmissão sustentada OU área com transmissão local nos últimos 14 dias;

Pessoa que apresente febre* OU pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, produção de escarro, congestão nasal ou conjuntival, dificuldade para deglutir, dor de garganta, coriza, entre outros) E histórico de contato com caso suspeito ou confirmado para COVID-19, nos últimos 14 dias.

Pessoa que manteve contato domiciliar com caso confirmado por COVID-19 nos últimos 14 dias E que apresente febre* OU pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, produção de escarro, congestão nasal ou conjuntival, dificuldade para deglutir, dor de garganta, coriza, entre outros). Nesta situação é importante observar a presença de outros sinais e sintomas como: fadiga, mialgia/artralgia, dor de cabeça, calafrios, manchas vermelhas pelo corpo, gânglios linfáticos aumentados, diarreia, náusea, vômito, desidratação e inapetência.

*A febre pode não estar presente em alguns pacientes, como aqueles que são muito jovens, idosos e imunossuprimidos.

Estima-se que cada pessoa com a infecção transmite o vírus para, em média, 2,6 pessoas, ou seja, a transmissão da doença é muito expressiva. . A estimativa é que 60% de toda população global tenha a doença em algum momento.

Apesar de o risco individual ser baixo, especialmente em crianças, jovens e pessoas sem doenças crônicas, há o risco de sobrecarga do sistema de saúde em caso de pico de incidência muito elevado, tendo em vista a limitação no número de leitos e equipamentos de cuidado intensivo.

O teste Hilab-COVID-19 é um exame que detecta os anticorpos produzidos em resposta à infecção. Na cápsula há reagentes que, em contato com os anticorpos presentes no sangue, formam um complexo detectado pelo Hilab. O teste avalia anticorpos IgG e IgM.

Por ser um teste que detecta anticorpos, indicamos a realização deste exame após o 5º dia do aparecimento dos sintomas.

Não temos restrição de idade. O Nosso teste é indicado para pessoas a partir do 3º ao 5º dia do início de sintomas.

Os sites da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde estão sendo atualizados constantemente com novas informações sobre a doença.

Além disso, com o intuito de combater a propagação de fake news, o Ministério da Saúde desenvolveu aplicativos com dicas de prevenção, descrição de sintomas, formas de transmissão, mapa de unidades de saúde e até uma lista de notícias falsas que foram disseminadas sobre o assunto. Os aplicativos estão disponíveis para usuários dos sistemas operacionais iOS e Android.

IgM reagente e IgG não reagente: Indica infecção na fase ativa. A partir do início dos sintomas, manter isolamento social por no mínimo 14 dias. Higienize as mãos frequentemente e utilize máscara para evitar a disseminação do vírus. Monitore os sintomas e caso sinta dificuldade respiratória, febre alta ou tosse procure uma Unidade de Saúde. Mantenha os cuidados recomendados pelo Ministério da Saúde.

IgM reagente e IgG reagente: Indica infecção na fase ativa. A partir do início dos sintomas, manter isolamento social por no mínimo 14 dias. Higienize as mãos frequentemente e utilize máscara para evitar a disseminação do vírus. Monitore os sintomas e caso sinta dificuldade respiratória, febre alta ou tosse procure uma Unidade de Saúde. Mantenha os cuidados recomendados pelo Ministério da Saúde.

IgM não reagente e IgG não reagente: Indica ausência de infecção. No entanto, a infecção não pode ser descartada. Se o teste foi realizado por motivo de suspeita da doença, o resultado pode corresponder aos primeiros dias de infecção. Por isso, uma nova amostra poderá ser coletada. Mantenha os cuidados recomendados pelo Ministério da Saúde.

IgM não reagente e IgG reagente: O resultado IgG reagente indica infecção passada. No entanto, lembre-se de manter as medidas de prevenção, higienizar as mãos frequentemente e evitar aglomerações. Mantenha os cuidados recomendados pelo Ministério da Saúde.

Ficou com alguma dúvida? Consulte o farmacêutico e leia com atenção todas as informações do seu laudo COVID-19 Hilab.

Outros exames

Gravidez (Beta hCG)

O exame pode ser feito em caso de suspeita de gravidez, pois detecta a fração do hormônio gonadotrofina coriônica humana (conhecido como hCG), presente no sangue de mulheres grávidas.

TSH

O exame é importante na detecção do hipotireoidismo, uma das mais comuns doenças endócrinas.

Vitamina D

Este teste permite medir a quantidade de vitamina D no organismo, cuja função principal é a absorção intestinal de cálcio.

Perfil lipídico

Esse exame deve ser realizado para avaliar se os níveis de lipídios (gorduras) no sangue estão elevados (dislipidemia).

Hemoglobina glicada

Os exames de glicemia e hemoglobina glicada medem a quantidade de glicose no sangue.

Dengue – Somente nas filiais 005, 045 e 305

O exame é utilizado para auxiliar no diagnóstico de infecção aguda ou prévia por dengue.

Zika

O exame é importante para auxiliar o diagnóstico de infecção aguda ou prévia pelo vírus Zika.